TARIFA SOCIAL – Famílias com renda per capita de até meio salário mínimo podem ter até 65% de desconto na conta de luz (VEJA COMO)

16/12/2017 14:480 comentários

Conta de energia2Cerca de 200 mil famílias que têm direito à tarifa social nas contas de energia elétrica ainda não solicitaram o benefício, segundo divulgou a Energisa, em audiência na Assembleia Legislativa da Paraíba (ALPB), na quinta-feira (14). No encontro, ficou definido que haverá uma campanha de conscientização dessas famílias.

No evento, o diretor da Energisa, André Theobald, solicitou o apoio dos deputados para identificar cerca de 100 mil pessoas que saíram do Programa da Tarifa Social e os outros clientes, cerca de 200 mil, que também podem ter o direito de se inscreverem no programa. “Precisamos de ajuda para encontrar as pessoas que estão dentro do perfil e ainda não se inscrevam”.

Apesar disso, a Energisa não informou se fará alguma campanha para convocar essas pessoas e não deu resposta aos questionamentos feitos pelo Portal Correio nessa sexta-feira (15) sobre essa situação.

A Tarifa Social é um benefício concedido pelo governo federal a famílias com renda per capita de até meio salário mínimo. Elas podem obter um desconto de até 65% no valor do kWh consumido.

Tarifas convencionais

Ainda na audiência, o diretor-presidente da Energisa, André Teobaldo, explicou como são feitos os cálculos das contas de energia elétrica.  Segundo ele, os custos são somados pela Aneel para definição da tarifa de cada distribuidora e divididos da seguinte forma: o valor é composto de cerca de 24% de distribuição, 32% de geração, 9% de transmissão e 35% fica com o governo em forma de impostos. Ainda de acordo com André Teobaldo, para se ter uma redução de tarifa, seria preciso, portanto, uma alteração no modelo regulatório, o que só a Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) poderia fazer.

Portal Correio com edição do Paraíba Geral
Foto: Reprodução da Internet

Deixe um comentário