Temer descumpre acordo e prefeituras ficam sem o prometido dinheiro extra do fim de ano

28/12/2017 21:470 comentários

Temer rindoDe acordo com informações repassadas pela Secretaria do Tesouro Nacional nesta quinta-feira (28), o AFM Auxílio Financeiro aos Municípios, dinheiro extra prometido por Temer aos prefeitos para o mês de dezembro de 2017, só será liberado em 2018.

Segundo o governo, serão depositados nas contas das prefeituras R$ 2 bilhões em recursos oriundos do Auxílio Financeiro aos Municípios (AFM), porém, este repasse só ocorrerá fevereiro e março de 2018. 

Os recursos extras estavam sendo aguardados por gestores de todo o estado que poderiam gastar no que achasse mais conveniente, como o pagamento de servidores, fornecedores ou outra necessidade do município.

Especula-se que o presidente Michel Temer utilize o repasse destes recursos como moeda de troca para tentar aprovar a reforma da previdência, prevista para o mês de fevereiro do próximo ano. Temer espera contar com o apoio dos gestores municipais, exigindo deles que convençam os deputados a votar a favor da reforma e contra a opinião pública.

O Presidente da Federação das Associações de Municípios da Paraíba Tota Guedes,  lamentou o recuo do Governo Federal na liberação de recursos na ordem de R$ 2 bilhões que seriam destinados às prefeituras.

“O AFM foi uma das lutas do nosso país que teve origem com prefeitos da na nossa Paraíba em um grupo de whattsapp, com muita insatisfação e repudio que recebo a informação de que o presidente da República não vai publicar a Medida Provisória de liberação do AFM”. Disse Tota Guedes.

Da redação com informações
Foto: Reprodução da Internet

Deixe um comentário