Vendedora de açaí em Angra é funcionária fantasma no gabinete de Bolsonaro, diz jornal

12/01/2018 14:040 comentários

 

Wal AçaíO deputado Jair Bolsonaro (PSC-RJ) usa verba da Câmara dos Deputados para empregar uma vizinha dele, na Vila Histórica de Mambucaba, a 50 quilômetros do centro de Angra Dos Reis (RJ). Segundo reportagem do jornal Folha de S.Paulo, a servidora trabalha em um comércio de açaí na mesma rua onde fica a casa de veraneio do deputado.

Walderice Santos da Conceição, 49 anos, consta como funcionária do gabinete parlamentar de Bolsonaro, em Brasília, desde 2003. Ela recebe atualmente salário bruto de R$ 1.351,46. Segundo moradores da região, Walderice também presta serviços particulares na casa de Bolsonaro, mas tem como principal atividade um comércio, chamado Wal Açaí. Além disso, o marido dela, Edenilson, prestaria serviços de caseiro ao deputado.

Segundo os registros oficiais da Câmara, a secretária parlamentar passou, em 15 anos, por mais de 30 cargos no gabinete.

O deputado nega que tenha utilizado dinheiro da Câmara para pagamentos de serviços da casa e que Walderice seja uma funcionária fantasma. Segundo Bolsonaro, a funcionária é responsável por reportar a ele ou a seu chefe de gabinete “qualquer problema na região”.

Sobre as constantes trocas de cargos — Walderice chegou a ocupar, no segundo semestre de 2012, um dos melhores postos da Câmara, com salário que pode chegar a R$ 14,3 mil —, Bolsonaro negou irregularidades.

— O que de vez em quando acontece: um funcionário é demitido. Aquela verba que “sobra” então a gente destina para um (outro) funcionário, por pouquíssimo tempo. Tem uma verba fixa para pagar funcionários. Ganha tão pouco, por que não posso dar uma ajuda por dois, três meses? Em vez de pagar R$ 1.300, paga R$ 1.500 ou R$ 2.000.

Sobre Edenilson, Bolsonaro negou que ele seja caseiro de sua casa de veraneio, mas afirmou que ele o ajuda na residência, inclusive dando comida para os cachorros.

Zero Hora
Foto: Folhapress

Reportagem de:

CAMILA MATTOSO
ITALO NOGUEIRA
ENVIADOS ESPECIAIS A ANGRA DOS REIS
RANIER BRAGON
DE BRASÍLIA

Deixe um comentário